Vitórias que não percebemos mais

Não minimize suas vitórias achando que são pequenas demais para celebrar. Se você chegou até aqui sabe quantas vezes derramou suor e lágrimas em busca de algo que não deu certo. Agora você conseguiu! Aceite os parabéns por ter sido bem sucedido em uma tarefa que nunca tinha feito antes e não sabia nem por onde começar; ter finalmente terminado o namoro que te fazia ingerir antidepressivos mas você mantinha por puro medo da solidão; ter mudado para a cidade que você sonhou viver; ter engravidado aos 40 anos; ser você mesmo aos 85 … e por todas as maravilhosas coisas que acontecem no seu dia-a-dia que você nem percebe mais.

Share

Um comentário sobre “Vitórias que não percebemos mais

  • É verdade, Adriana, acabamos nos habituando a nâo enxergar mais os nossos ganhos e supervalorizar as perdas e dificuldades do dia-a-dia. Gostei de ler seus textos porque são positivos, mas não são irreais, falam de conquistas que realmente podemos ter. Não gosto de ler sobre teorias impossíveis para nossa realidade.

    Ah, notei que as mulheres comentam mais que os homens no seu blog. É verdade? Você acha que os homens não buscam o desenvolvimento tanto quanto às mulheres ou eles preferem não se expor no blog?

  • Você me fez verificar as estatísticas e é verdade que há maior número de comentários provenientes de mulheres, no entanto há maior número de comentários do mesmo homem para mais de um post. Por exemplo, na sua visita ao blog, você deixou comentários em três posts. O campeão em comentários deste ano, por enquanto, é do sexo masculino. No final do ano, eu verifico as estatísticas e aquele que participou mais no blog ganha uma sessão de coaching. Para o ano passado a vitória foi feminina e a pessoa já usufruiu do presente. O que esperar de 2009?

  • Adriana,
    estava precisando de ler ou ouvir algo exatamente como está neste texto.E o melhor:simples,direto e “leve”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *