Quito: belas paisagens, lindos monumentos

Fui para Quito e Cuenca, em 2012. Fazia tempo que eu queria compartilhar as histórias sobre o Equador, mas a correria do dia-a-dia não deixava espaço para que eu revivesse essas memórias. Nos últimos dias, encontrei uma amiga que me disse: “Gostaria que me contasse sobre o Equador. Estou indo para lá”. A vontade de ajudá-la a se divertir tanto quanto eu, fez com que eu elaborasse esse post. Hoje falarei sobre Quito e outro dia comentarei especificamente sobre Cuenca e seus arredores.

Parque Vulqano

Quito é um local interessante para visitar sozinho, acompanhado, com crianças ou com os pais. Foi fundada sobre as ruínas de uma cidade inca e fica em um vale na cordilheira dos Andes. Por todos os lugares que se anda, a vista é linda. Para apreciar ainda melhor a paisagem, vale à pena fazer o passeio de teleférico e apreciar a beleza da cidade do alto do Mirante Cruz Loma. Perto do teleférico tem um parque de diversões, o Parque Vulqano. Para quem vai com crianças, vale à pena separar umas horinhas para a brincadeira.

Centro histórico de Quito

O centro histórico colonial foi um dos primeiros patrimônios culturais da humanidade, tombado pela Unesco em 1978. Várias placas pela cidade indicam a localização dos pontos turísticos. Ainda assim, é possível contar com a cordialidade dos equatorianos e pedir informações, se precisar. As igrejas, misturam influências espanholas, italianas, mouras e indígenas. As mais visitadas pelos turistas são: Igreja da Companhia de Jesus, São Francisco e a Basílica del Voto Nacional. Os parques La Carolina ou Metropolitano são outras opções de conexão consigo mesmo.

Vista Hermosa - Café Mirador

A batata, o milho e a banana são ingredientes básicos da culinária andina. A maneira de prepará-los é bastante peculiar. O “plátano verde”, por exemplo, é uma variedade de banana um pouco mais ácida e dura do que a conhecida no Brasil, e é, normalmente, saboreada frita e crocante.

Por falar em gastronomia, o bairro boêmio Mariscal, além de animado, conta com vários bares, cafés e restaurantes. O Café Mirador Vista Hermosa sabe combinar boa comida, música ao vivo e uma vista espetacular para o centro da cidade.

Parque Condor

Nos arredores de Quito são várias as opções de passeios. É interessante visitar a feira indígena de Otavalo, cerca de 95 quilômetros de Quito, e levar dinheiro para facilitar as compras. Ponchos de lã de alpacas feitos à mão, luvas, cinturões de pano coloridos, mantas e até joias feitas com pedras semipreciosas podem ser encontradas no local. Os produtos são bonitos, de boa qualidade e com preços negociáveis.

Mitad del Mondo


Próximo de Otavalo, existem outros locais espetaculares: Cuicocha, um lago formado em uma cratera, um verdadeiro convite para a contemplação e o Parque Cóndor que, num cenário natural estonteante, exibe várias aves de rapina resgatadas e protegidas.

Espetáculo de dança andina

A Mitad del Mundo é um passeio imperdível e com várias curiosidades. É importante ter tempo para visitar os museus, ouvir os guias e assistir as apresentações de dança. O passeio, apesar de longo, pode incluir as crianças, pois os guias contam histórias, fazem brincadeiras e as entretêm com jogos divertidos. Independente da idade, todos se divertem na linha do equador, na latitude 0º0′0′′ e posando para fotos. É possível almoçar no local e deliciar alguns pratos típicos da gastronomia equatoriana.

São várias as opções de passeios em Quito ou em seus arredores. Alguns dos locais recomendados pelos turistas são o Lago Quilotoa, os vulcões Cotopaxi e Tungurahua.
Para quem quiser visitar Quito, vale à pena pesquisar outros blogs, revistas, jornais, sites oficiais e identificar as melhores alternativas de passeios, considerando a estação, o tempo que ficará na cidade e suas prioridades.

Selecionei alguns links:
Blog MMTGapnet
O Globo
Quito

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *