Acontece, em Brasília, evento sobre recolocação profissional

Em períodos de recessão econômica, as empresas sejam elas públicas ou privadas, necessariamente, precisam cortar custos, a fim de manter sua estabilidade no mercado. Nesse contexto, muitos profissionais são demitidos, alguns, inclusive, com altas competências e elevadas contribuições para as empresas pelas quais trabalharam.

Em circunstâncias como essa, as próprias instituições podem reconhecer o suporte dado por seus colaboradores. Algumas investem em instrumentos como o Programa de Demissão Voluntária (PDV) ou Programa de Demissão Incentivada (PDI), mas que contam com alguns critérios específicos, inclusive idade mínima para participação. O outplacement é uma outra estratégia que humaniza esse processo, pois o estudo, realizado por especialistas, é feito a partir de uma análise individualizada sobre o próprio empregado que será demitido, envolvendo o suporte emocional e de recolocação ao mercado de trabalho.

No caso dos programas de demissão incentivada, o pesar pelas perdas demissionais é reduzido. As palestras e orientações conduzidas por coaches contratados em parceria com a equipe de Recursos Humanos, somados ao desejo do profissional de se aposentar ou empreender geram um sentimento híbrido de tristeza, mas também de confiança e dever cumprido. Infelizmente, as dispensas compulsórias afetam a todos na empresa. O clima, até para aqueles que permanecem, é de extrema angústia, pois existe um coleguismo. Inclusive aqueles que demitem passam por seus dilemas internos, e, além disso, os empresários, de modo geral, querem expandir ao invés de retrair.

No entanto, às vezes por desconhecimento dessas ferramentas ou até mesmo por ausência completa de condições econômicas e psicológicas para subsidiar esse processo, as empresas demitem e os empregados retornam para suas casas frustrados, desmotivados e sem expectativas. O apoio da família é importante a fim de contribuir para elevar a autoestima, mas às vezes ainda é insuficiente.

Ao longo da minha experiência profissional, ajudei pessoas a compreender a complexidade desse momento e a perceber que o futuro não precisa ser trágico. É possível reconstruir e até mesmo ir além do que já havia sido alcançado na experiência anterior. Acompanhei os profissionais dos Correios, em seus programas de demissão voluntária, anos atrás, com palestras in company, e tenho dado suporte para executivos das mais diversas áreas, por meio do meu trabalho de coaching.

Esse mês acontece, em Brasília, aberto ao público, o encontro “Recolocação profissional: um caminho para o sucesso“.  O evento permitirá um número reduzido de inscrições a fim de provocar uma conversa íntima entre os profissionais sobre seus principais anseios e dilemas, possibilitar o network e estimular o desenvolvimento de novas metas de carreira.

Inscreva-se pelo Sympla ou indique para seus amigos. Acompanhe as novidades aqui no blog e na fan page do Facebook.

 

Recolocação Profissional

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *