Você conhece prospecção estratégica?

A palavra planejamento está sempre em alta em várias indústrias, seja ela no comércio, na educação, nas finanças, na saúde, etc. Uma empresa não sobrevive sem o planejamento. Imagine, por exemplo, uma costureira. Ela precisa saber o tempo necessário para entregar um vestido, fazer a barra de uma calça, levando em consideração outras entregas que ela já sabe que precisa fazer. Em ambientes de mais alta complexidade, a necessidade de planejamento avança em elevadas proporções.

Durante alguns anos da minha vida, eu trabalhei em uma think-tank no setor de agricultura, a Embrapa. Nessa área, o planejamento precisa ser aprofundado no nível de estudos de cenários e levado à pesquisas sistemáticas com especialistas para garantir a produção de alimentos. Nessa perspectiva, é preciso realizar uma prospectiva estratégica alinhada com diversos stakeholders que fazem parte de uma cadeia produtiva, por exemplo.

Os instrumentos comumente usados em prospectiva estratégica ou foresight (termo mais utilizado nos países de língua inglesa) são estudos de cenários, estudos de casos, painéis de especialistas, questionário e método Delphi. Gosto muito da abordagem do francês Michel Godet e recomendo sempre seus estudos para quem pretende iniciar nos estudos prospectivos. O seu livro La prospective stratégique tem uma linguagem clara, acessível e apresenta modelos que podem ser, facilmente, aplicados nas organizações para se começar a extrair uma visão compartilhada entre os executivos em posição de liderança. Tive a oportunidade não apenas de estudar, mas de aplicar os instrumentos desenhados por Godet.

No Brasil, são vários os profissionais que atuam nesse setor, gerando insumos para as empresas ou auxiliando em seus trabalhos de prospecção estratégica. Fiz alguns cursos com a Elabora Consultoria, em São Paulo, cujos profissionais atuam com a USP e a Unicamp, o IDS em Minas Gerais e o CGEE, em Brasília. Cada uma dessas empresas oferecem orientações que podem se complementar.

Por meio da prospecção estratégica, você consegue transitar melhor seja no mundo VUCA ou no mundo BANI (veja mais em Qual é a diferença entre mundo VUCA e mundo BANI?) e saber tomar decisões rápidas, mesmo diante de tantas incertezas.

A prospecção estratégica é uma forte aliada do planejamento, pois tendo uma visão mais clara do futuro, você pode planejar melhor o que fazer nos presente e como reagir aos desafios, ou até mesmo influenciar para que algumas situações não cheguem a ocorrer. A prospecção estratégica é fundamental na agricultura, como citado acima, mas também para evitar desastres financeiros, ecológicos e sociais. Assim como a previsão meteorológica nos informa se devemos sair com casaco, guarda-chuva ou roupas leves e isso nos facilita no momento de fazer uma mala para viajar, imagine os benefícios para a sua empresa conhecendo o que pode vir a ser uma risco ou uma grande oportunidade de crescimento?!

Quer mais dicas sobre o assunto? Deixe seu comentário, mande uma mensagem privada ou um e-mail para coaching@adrianalombardo.com

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

العربيةEnglishFrançaisDeutschItaliano日本語Basa JawaPortuguêsРусскийEspañol