Feed on
Posts
Comments

Na próxima quarta-feira, 17 de dezembro, será realizada uma palestra interativa sobre coaching em Brasília.

O encontro, que acontecerá na Horizonte do Saber, contará com a presença das master coaches e escritoras Adriana Lombardo, Nadia Gomide e Maria Eugênia Athayde. As três participaram recentemente em diversas publicações na área de coaching.

Será uma oportunidade para o público envolver-se nesse bate-papo e tirar dúvidas com as especialistas sobre questões relacionadas à carreira ou vida pessoal.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
  • PDF
  • Print
  • Google Plus

Tags: , , , , , ,

Snowland (RS), foto de Vinícius Costa

Profissionais chegam nos períodos de férias e ficam ansiosos para encontrar um bom programa para fazer com os filhos. Uma vida equilibrada e tempo para o lazer com a família são fundamentais para repor as energias. No entanto, seja pela alta do dólar, por falta de tempo, ou pelo orçamento estar voltado para outras prioridades, torna-se difícil viajar para a tão sonhada Disney, nos Estados Unidos.

Antes que o desânimo chegue e mantenha a família presa aos programas de televisão, é bom lembrar que os parques de diversão no Brasil evoluíram muito e alguns estão entre os melhores do mundo. Além disso, existem no Brasil parques diferenciados, como aqueles de águas termais em Caldas Novas e até parque de neve, em Gramado.

Pensando na importância de acrescentar diversão e alegria em rotinas às vezes tão atribuladas, selecionei para meus coachees e leitores do blog algumas opções de parques para passeios aqui pertinho. Para aqueles que estão no exterior e querem conhecer o Brasil, é interessante saber que podem planejar alguns dias brincando nesses parques de diversão, além de curtir as belas praias do país.

Bahia
Eco Parque Arraial D´Ajuda, Arraial D’Ajuda (BA)

Ceará
Beach Park, Aquiraz (CE)

Goiás
Hot Park, Rio Quente, Caldas Novas (GO)
DiRoma Acqua Park, Caldas Novas (GO)
Lagoa Thermas Clube, Caldas Novas (GO)
Náutico Praia Clube, Caldas Novas (GO)

Minas Gerais
Walter World, Poços de Caldas (MG)

Pernambuco
Veneza Water Park, Maria Farinha (PE)
Mirabilandia Parque de Diversões, Recife (PE)

Rio Grande do Sul
Alpen Park, Canela (RS)
Marina Park, Capão da Canoa (RS)
Snowland, Gramado (RS)

Santa Catarina
Beto Carrero World, Penha (SC)
Unipraias, Balneário Camboriú (SC)

São Paulo
Thermas dos Laranjais, Olímpia (SP)

Leia também:

Parques temáticos na Europa
Miami além das praias

Para quem teve oportunidade de conhecer os parques mencionados ou tenha outros para indicar, comente, participe, registre sua opinião.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
  • PDF
  • Print
  • Google Plus

Tags: , , , ,

(In)Coerência

Olhar para um executivo e perceber que ele saiu usando meias com cores diferentes geraria uma sensação de estranheza. Seria até difícil imaginar que ele próprio diante do espelho não teria percebido a discrepância. Estaria ele fazendo isso de forma consciente? Perguntariam alguns.

Observar as meias tão contrastantes é tarefa fácil. Da mesma forma, ainda que não seja tão explícito, os profissionais percebem, também, as incoerências de seus chefes e colegas. Notam, com cada vez mais clareza, as inconsistências entre seus discursos e suas ações. São vários profissionais em altos postos que não observam as diferentes meias que calçam no seu cotidiano. E você, como tem percebido a si mesmo?!

Leia também:

O gerente que não queria crescer
Incoerência entre discurso e prática no ambiente de trabalho
Coaching e Expressões Populares (9)
Congruência

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
  • PDF
  • Print
  • Google Plus

Tags: , , , , , , ,

Hoje li um artigo de autoria de Andrew Halfacre com uma proposta interessante. Ele afirma que “muitas vezes presos aos porquês dos fatos e das circunstâncias deixamos de refletir sobre como agir para alcançar as nossas metas.”

Andrew informa que enquanto estamos refletindo sobre os porquês, a mente se retrai, gerando justificativas e frustrações ao invés de novos movimentos. No entanto, ao pensar em alternativas ou maneiras de se fazer algo, a mente se expande em busca de oportunidades.

Faz sentido para você? Experimente e depois registre seu comentário.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
  • PDF
  • Print
  • Google Plus

Tags: , , , , ,

Outro dia ouvi uma pessoa comentando que devido às redes sociais, as pessoas tinham concentrado suas atenções em conversas virtuais. Ela estava sentindo falta de olhar nos olhos ou ouvir a voz de seus amigos, ainda que fosse somente por telefone. Perguntei se ela estava fazendo algo para tornar seu desejo realidade. Estava convidando alguém para sair? Tinha telefonado para seus parentes ou amigos nós últimos dias? Planejava um almoço ou jantar em sua casa? Todas as respostas foram negativas. Ou seja, ela não estava tentando mudar o rumo de seus relacionamentos. Tinha assumido uma postura de esperar pelo outro e não estava agindo em prol de seus próprios valores.

Levante a mão quem nunca agiu assim?! Na prática, adotamos em vários momentos da vida uma postura reativa. Vamos nos propor mais. Vamos ouvir nossas reclamações e buscar soluções que sejam independentes dos outros, mas que dependam de nós mesmos.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
  • PDF
  • Print
  • Google Plus

Tags: , , , ,

Trabalhar em espaços abertos pode ser uma experiência bem interessante e promover maior criatividade e inovação entre as equipes. Por outro lado, é preciso estar atento aos riscos desse modelo. Recentemente, publiquei um novo artigo no blog da Harvard Business Review Brasil, no qual apresento opiniões de profissionais que atuam em escritórios open space. Você já teve essa experiência? Clique no link e registre sua opinião.
Harvard Business Review

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
  • PDF
  • Print
  • Google Plus

Tags: , , ,

Em momentos de eleições políticas, é comum ter dúvidas sobre qual candidato escolher. Para promover uma reflexão que facilite sua escolha, a Coaching News apresenta uma edição especial sobre liderança.

Clique no link – Coaching News e veja as dicas sobre liderança e os principais eventos de coaching nos próximos meses.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
  • PDF
  • Print
  • Google Plus

Tags: , , ,


Você tem sonhos, desejos, metas?

Se fizermos esse questionamento para algumas pessoas com quem convivemos, iremos perceber que a grande maioria sabe o que quer e sabe, ainda melhor, o que não quer. É verdade que algumas delas podem estar se sentindo perdidas, ainda que seja uma fase de incômodo ou frustração, mas, ainda assim, elas têm alguns objetivos bem claros.

Tenho percebido, em conversas de coaching ou bate-papos informais, que a maior dificuldade daqueles que almejam uma mudança profissional ou de vida encontra-se em um momento posterior à fase de identificação da meta. Alguns se arrepiam só de pensar que após o planejamento, em algum momento, deverão partir do plano, dos ensaios, da preparação, do treinamento rumo à concretização.

Abordei essa situação no livro “Coaching: Grandes mestres ensinam como estabelecer e alcançar resultados extraordinários”, do qual sou co-autora. No capítulo sobre coaching para retenção de talentos, afirmo que “uma brilhante estratégia conta pouco se a instituição não conseguir transformar os planos em ação”. No entanto, percebo que tal dificuldade abrange diversas situações, inclusive na esfera individual. As pessoas, de modo geral, têm permitido que o medo seja maior que o desejo de alcançar o futuro desejado. Enfraquecidas, optam, inconscientemente, pela procrastinação e acabam abrindo mão dos seus sonhos. É preciso coragem para desafiar a si mesmo rumo aos seus verdadeiros propósitos. Quem quer se superar, precisa correr riscos, ainda que, meticulosamente, calculados.

Um amigo e coach muito querido, o José Eduardo Amaral, gosta de repetir uma frase: “O sapinho precisa saltar”. Seja o sapinho, o peixinho, ou qualquer outra figura que te represente, ela precisa acreditar em si mesma e avançar.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
  • PDF
  • Print
  • Google Plus

Tags: , , , , , , , ,

Com o objetivo de promover um debate aberto sobre Coaching, extensivo a comunidade, coaches de diferentes escolas responderão questões que ainda geram dúvida, principalmente, para o público leigo no assunto.

Traga suas dúvidas, e venha participar conosco do talk show que acontecerá no Teatro do Brasília Shopping, na próxima terça-feira, às 19h30.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
  • PDF
  • Print
  • Google Plus

Tags: , ,

Recentemente foi publicado no blog da Harvard Business Review, uma fábula que escrevi com a finalidade de promover uma reflexão sobre gerentes desejosos por um salário melhor, poder e status que assumem postos de gestão, sem desenvolver as competências necessárias. Veja mais em: Harvard Business Review e deixe seu comentário.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
  • PDF
  • Print
  • Google Plus

Tags: , , , ,

Fui para Quito e Cuenca, em 2012. Fazia tempo que eu queria compartilhar as histórias sobre o Equador, mas a correria do dia-a-dia não deixava espaço para que eu revivesse essas memórias. Nos últimos dias, encontrei uma amiga que me disse: “Gostaria que me contasse sobre o Equador. Estou indo para lá”. A vontade de ajudá-la a se divertir tanto quanto eu, fez com que eu elaborasse esse post. Hoje falarei sobre Quito e outro dia comentarei especificamente sobre Cuenca e seus arredores.

Parque Vulqano

Quito é um local interessante para visitar sozinho, acompanhado, com crianças ou com os pais. Foi fundada sobre as ruínas de uma cidade inca e fica em um vale na cordilheira dos Andes. Por todos os lugares que se anda, a vista é linda. Para apreciar ainda melhor a paisagem, vale à pena fazer o passeio de teleférico e apreciar a beleza da cidade do alto do Mirante Cruz Loma. Perto do teleférico tem um parque de diversões, o Parque Vulqano. Para quem vai com crianças, vale à pena separar umas horinhas para a brincadeira.

Centro histórico de Quito

O centro histórico colonial foi um dos primeiros patrimônios culturais da humanidade, tombado pela Unesco em 1978. Várias placas pela cidade indicam a localização dos pontos turísticos. Ainda assim, é possível contar com a cordialidade dos equatorianos e pedir informações, se precisar. As igrejas, misturam influências espanholas, italianas, mouras e indígenas. As mais visitadas pelos turistas são: Igreja da Companhia de Jesus, São Francisco e a Basílica del Voto Nacional. Os parques La Carolina ou Metropolitano são outras opções de conexão consigo mesmo.

Vista Hermosa - Café Mirador

A batata, o milho e a banana são ingredientes básicos da culinária andina. A maneira de prepará-los é bastante peculiar. O “plátano verde”, por exemplo, é uma variedade de banana um pouco mais ácida e dura do que a conhecida no Brasil, e é, normalmente, saboreada frita e crocante.

Por falar em gastronomia, o bairro boêmio Mariscal, além de animado, conta com vários bares, cafés e restaurantes. O Café Mirador Vista Hermosa sabe combinar boa comida, música ao vivo e uma vista espetacular para o centro da cidade.

Parque Condor

Nos arredores de Quito são várias as opções de passeios. É interessante visitar a feira indígena de Otavalo, cerca de 95 quilômetros de Quito, e levar dinheiro para facilitar as compras. Ponchos de lã de alpacas feitos à mão, luvas, cinturões de pano coloridos, mantas e até joias feitas com pedras semipreciosas podem ser encontradas no local. Os produtos são bonitos, de boa qualidade e com preços negociáveis.

Mitad del Mondo


Próximo de Otavalo, existem outros locais espetaculares: Cuicocha, um lago formado em uma cratera, um verdadeiro convite para a contemplação e o Parque Cóndor que, num cenário natural estonteante, exibe várias aves de rapina resgatadas e protegidas.

Espetáculo de dança andina

A Mitad del Mundo é um passeio imperdível e com várias curiosidades. É importante ter tempo para visitar os museus, ouvir os guias e assistir as apresentações de dança. O passeio, apesar de longo, pode incluir as crianças, pois os guias contam histórias, fazem brincadeiras e as entretêm com jogos divertidos. Independente da idade, todos se divertem na linha do equador, na latitude 0º0′0′′ e posando para fotos. É possível almoçar no local e deliciar alguns pratos típicos da gastronomia equatoriana.

São várias as opções de passeios em Quito ou em seus arredores. Alguns dos locais recomendados pelos turistas são o Lago Quilotoa, os vulcões Cotopaxi e Tungurahua.
Para quem quiser visitar Quito, vale à pena pesquisar outros blogs, revistas, jornais, sites oficiais e identificar as melhores alternativas de passeios, considerando a estação, o tempo que ficará na cidade e suas prioridades.

Selecionei alguns links:
Blog MMTGapnet
O Globo
Quito

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
  • PDF
  • Print
  • Google Plus

Tags: , , , , , ,

Vários profissionais tornam-se coaches e depois se deparam com várias dificuldades, entre elas “como cobrar” pelo serviço. Ciente dessa dificuldade comum para vários colegas que estão ingressando nessa atividade e atendendo aos pedidos de alguns deles, resolvi apresentar as formas utilizadas por mim e por outros master coaches.

De modo geral, a maioria dos coaches cobra um valor fixo por sessão, assim como fazem os médicos e psicólogos, e o pagamento é realizado seja no início ou no final de cada encontro. Há, também, quem ofereça a opção de pagamento para um pacote de dez encontros, recebe o valor total antecipadamente e oferece um desconto, o qual varia entre 5% e 10%. Outra modalidade, entre as mais conhecidas, é estabelecer, como nas academias de ginástica, um valor fixo por mês, referente a uma, duas horas por semana ou agenda livre, ou seja o cliente marca a consulta sempre que precisar dentro daquele mês.

É importante ressaltar que alguns coaches iniciantes, assim que terminam o primeiro curso de formação, esperam cobrar o mesmo valor de coaches experientes. No entanto vale lembrar que seus clientes avaliam os resultados, também, levando em conta o valor que pagaram, ou seja quanto mais caro for seu serviço mais seu cliente cobrará do seu desempenho. Para gerar maior credibilidade no seu trabalho, vale à pena aumentar seu preço de acordo com o valor real do trabalho ofertado.

Os reajustes podem acompanhar índices inflacionários, preços de mercado e sua própria maturidade profissional que será adquirida através de investimentos em novos cursos, livros técnicos, pesquisas e sua prática profissional comprovada. Cobrar um valor justo é recompensador. Eu, por exemplo, adoro ouvir dos meus clientes que aquilo que me pagam é uma verdadeira pechincha comparado aos benefícios que recebem por meio de aumento de salários, premiações por resultado ou, ainda, por outros ganhos mais difíceis de medir, porém perceptíveis, tais como: melhor diálogo com os filhos, relação de maior afeto com o marido ou esposa, paz interior, entre outras.

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
  • PDF
  • Print
  • Google Plus

Tags: , , ,

Older Posts »