Feliz Natal!

[photopress:DisneyBarks3.jpg,full,alignleft]Mais um Natal se aproxima e esta é uma linda oportunidade para fazer renascer em nós aquele espírito do Natal, tão comentado por Dickens, e famoso no Brasil por meio do desenho animado dos três patinhos. É hora de dar espaço para algo maior que um cofrinho abarrotado de dinheiro, do mundo avarento e mesquinho do Tio Patinhas, e compartilhar a beleza de valores universais, como a solidariedade, a honestidade, o amor, a fé em um mundo melhor…Infelizmente muitos se afastam do bom caminho pela magia impregnada nas moedas de metal, pelo valor material daquilo que se compra… mas temos que construir uma vida de riquezas que transcende a matéria, capitalizando o tesouro das amizades que já ganhamos e poupamos ou daquelas descobertas e depois abandonadas ou esquecidas; investindo no trabalho conquistado pela lealdade…no compromisso com a cidadania…no amor conquistado. Vamos acreditar que ainda podemos ajudar o mundo a ser melhor a partir do momento que nossas próprias atitudes revelam um coração nobre. Somos exemplos todos os dias para o bem e para o mau. Podemos escolher se queremos construir nossa casa às pressas, passando por cima das pessoas, ou se queremos construir uma morada inabalável, porque foi construída com várias mãos apoiadoras, amigas, leais, humildes e fortes.

Quando um amigo faz aniversário, lembramos de festejar e de levar uma lembrança… No Natal ocorre uma troca de presentes, mas será que temos pensado no que Jesus gostaria de ganhar no dia 25? O que poderíamos dar de nós mesmos para nos relacionarmos melhor em família ou no nosso local de trabalho? O que ainda podemos fazer para não ignorar as dores que causamos no próximo pela nossa vaidade ou egocentrismo? Temos que honrar o Natal em nosso coração e – como dizia Dickens – tentar mantê-lo durante todo o ano, libertando-se dos fantasmos do passado – por meio da transformação, do presente carregado de medos e angústias e do futuro sem perspectivas. [photopress:DisneyBarks4_1.jpg,full,alignright]

Do Natal para o novo ano ainda ficam alguns dias que parecem perdidos entre um ano que acaba e outro que está para chegar. Esse tempo pode ser usado para nos observarmos, nos avaliarmos e pensar quão próximo estou das minhas metas para desenvolvimento integrado. Então aproveite para traçar seu plano para rever os amigos, para recuperar projetos e incrementá-los, para ser um chefe mais participativo, uma esposa mais amorosa, um leitor mais assíduo…enfim uma pessoa melhor.

Share

Um comentário sobre “Feliz Natal!

  • Que lindo este escrito Adriana,
    Neste Natal eu desejo lembrar uma frase de Martin Luther King:
    “Aprendemos a voar como as aves, a nadar como os peixes, mas não aprendemos ainda a arte de viver como irmãos”
    “Abbiamo imparato a volare come gli uccelli, a nuotare come i pesci, ma non abbiamo imparato l’arte di vivere come fratelli.”
    Daniele

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *