A esperança no ano novo

No Brasil, em especial no Rio de Janeiro, a chegada de 2012 gera esperança bem antes da meia noite. Os brasileiros que crêem nos orixás e até mesmo aqueles que só simpatizam com a umbanda começam cedo a comprar flores, velas e bebidas. Oferendas cobrem as areias das praias. As pessoas se deslocam de suas casas com vasta antecedência para que seja facilitada a chegada em Copacabana, um dos principais palcos de beleza e entretenimento para o carioca e os tantos turistas do Brasil e do mundo. Os bilhetes do metrô foram encerrados no dia anterior, mas as pessoas com ou sem chuva caminham horas, principalmente para assistir os fogos e brindar na praia. É motivo de festa ter a oportunidade de recomeçar o ano e renovar os planos, as promessas e, principalmente, a esperança.

Em meio a multidão são muitos os atos de elevada humanidade, como facilitar a passagem de pais com crianças; oferecer cerveja, champagne, refrigerantes para os amigos da noite e curtir o embalo.

Sombrinhas e capas de chuva terminaram cedo, mas a diversão fica até de madrugada. E a esperança??? Ah, essa aí perdura o ano todo.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *