Brasileiro vale ouro no mercado internacional

Foto: AP_Terra

ONU atesta que gastos de brasileiros com viagens ajudaram a salvar o turismo mundial. Segundo o Banco Central, os brasileiros gastaram, de janeiro a novembro de 2011, mais de US$ 19 bilhões com viagens internacionais. Em seguida, Barack Obama anuncia, na Disney, que os Estados Unidos vão aumentar em 40% a capacidade de emissão de autorizações para entrada no país.

A imagem do brasileiro tem mudado no mercado internacional e o país começa a ser observado não apenas pelo Carnaval, pelo exótico e pelo místico; mas pela sua atuação econômica, produtividade e capacidade de inovação.

Finalmente parece que a sensibilidade artística e a criatividade, traços comuns dos brasileiros, passam a ser valorizadas também no mundo corporativo. São caixas de leite que viram telhas, bagaços de cana gerando energia, e soluções tecnológicas decolando mundo afora. O Nordeste tem atraído estudos avançados em centros de pesquisa e desenvolvimento de projetos. De Norte ao Sul do país, espalham-se arranjos produtivos locais.

Percebe-se que novas oportunidades estão sendo lançadas ao Brasil e é preciso que o brasileiro amplie sua aproximação e interação com os atores internacionais, indo muito além do castelo da Cinderela.

Um comentário sobre “Brasileiro vale ouro no mercado internacional

  • Eu acredito que o Brasil pode fazer a diferença a nível mundial, mas não com a política deste governo que, como na Itália, prefere a corrupção á justiça. Eu era muito feliz quando Obama foi eleito Presidente mas infelizmente hoje devo dir que foi uma decepção

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *