Coaching e Expressões Populares (7)

Por mais incrível que possa parecer, aqui no Brasil, a expressão idiomática programa de índio tem uma conotação negativa. Normalmente tal programa tem poucos atrativos, implica desconforto e/ou alguma chateação.

Na prática, um verdadeiro programa de índio deveria incluir opções de mais contato com a natureza: deitar em uma rede, pescar, nadar em rios, andar de caiaque, brincar de arco e flecha, passear em uma trilha ao som dos passarinhos, tomar banho de cachoeira…, mas a verdade é que a expressão não traz essa coerência.

“Todo dia era dia de índio”, canção composta por Jorge Ben Jor e interpretada por Baby do Brasil (Baby Consuelo), valoriza o povo indígena e provoca à reflexão quanto ao seu espaço social. Em Brasília, o ambiente indígena tem ganhado reconhecimento da população local e, inclusive, o restaurante “Oca da Tribo” foi palco do discurso da primeira- dama americana, Michelle Obama em sua visita ao Brasil exatamente um mês atrás, no dia 19 de março.

Hoje, muitas pessoas voltam a procurar a floresta e percebem a importância do contato com a natureza para desenvolvimento da saúde física e mental. Algumas organizações investem no futuro do meio ambiente: atuam em projetos de desenvolvimento sustentável e fortalecimento cultural aos povos da terra indígena; oferecem sua inteligência, tecnologia e respeito; e cooperam para um crescimento integral que beneficie não apenas a si mesmo ou sua instituição, mas ao planeta. E você, topa esse novo tipo de programa de índio?

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *