Você deixaria seu emprego para empreender após os 40?

Após os 40 anos, quando muitos profissionais, estão a procura de um emprego fixo que lhes garanta a aposentaria, Vera Wang tomou a direção oposta e abriu o seu próprio negócio, tornando-se uma famosa estilista dos vestidos de noiva.

Mas, quem é Vera Wang? Por que, ela faria isso?

Vera Ellen Wang é uma americana, nova iorquina, filha de pais chineses, de Shanghai. Ambos deixaram a China, na Segunda Guerra Mundial. Foi da mãe que ela herdou o bom gosto e o interesse pela moda, aprendidos desde criança. Na sua trajetória profissional, ela inclui, principalmente seu trabalho na respeitável revista Vogue e na Ralph Lauren.

Como Vera consolidou a sua carreira como designer?

Em 1971, após formar-se em História da Arte na Universidade Sarah Lawrence College, ela iniciou seu trabalho na Vogue, como assistente da diretora de moda Polly Mellen. Chegou ao topo, como Editora, aos 23 anos. Vera permaneceu nessa função por quinze anos. Depois, assumiu um emprego como diretora de design de acessórios da badalada marca Ralph Lauren.

Como o empreendedorismo surgiu na vida de Vera?

Aos 39 anos, ao ficar noiva de Arthur Becker, e procurar pelo vestido perfeito – elegante e suave, ela percebeu que era tudo uma mesmice, e feito com foco nas jovens. Assim, decidiu criar o seu próprio vestido de noiva. Isso lhe deu o insight de que havia mercado nessa área, o que o seu pai também confirmou. Apesar de ter identificado essa oportunidade de negócio, o sonho só se realizou mais tarde, visto que Vera se focou por algum tempo em suas ambições pessoais, como a maternidade e vários tratamentos de fertilidade. Mas, em 1990, com o estímulo e apoio financeiro de seu pai, ela finalmente abriu sua primeira loja em Nova Iorque. Ela iniciou vendendo vestidos de estilistas conceituados até que se assumiu como a designer de sua própria marca.

Quais aprendizados do passado, ela guardou consigo?

Antes da moda, ela se dedicou por anos à patinação no gelo, que iniciou com 8 anos de idade, e, inclusive, rendeu-lhe vários prêmios. Ainda hoje, ela afirma que na patinação, ela aprendeu a cair e se levantar. Desse modo, acredita que deve ser assim no empreendedorismo também.

Um conselho para outros designers e empreendedores?

Comece aprendendo com alguém que você respeite, e consiga receber por isso (…) Seja grato se alguém te procurar pedindo ajuda, ainda que seja em um domingo à noite. É porque ele considera a sua opinião“.

Qual conclusão você chega após conhecer a história de Vera Wang? Você empreenderia após os 40 anos? Você deixaria um emprego em uma organização renomada para focar em sua família? Aceitaria ajuda dos seus pais para iniciar algo novo? Deixe seu comentário.

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

العربيةEnglishFrançaisDeutschItaliano日本語Basa JawaPortuguêsРусскийEspañol