Será que você está procurando no lugar correto?

Provavelmente, algum dia, você procurou uma chave ou um documento em um determinado local, remexeu gavetas, empurrou alguns móveis… até descobrir que o objeto estava bem à vista, mas em outro lugar.

Essa simples metáfora é para fazê-lo(a) pensar sobre suas escolhas de vida e suas escolhas profissionais. Você pode se sentir desestimulado(a) no trabalho, mesmo que ocupe um posto alto na hierarquia funcional. Por isso, gostaria de lhe questionar: “Será que você está procurando no lugar correto? A empresa ou o departamento onde você trabalha te gera alguma satisfação? Está se sentindo, realmente, feliz em seu ambiente profissional? Será que essa posição já foi importante para sua vida e carreira, mas agora tornou-se um peso muito grande para carregar? Está buscando um novo desafio, seja relacionado às questões profissionais ou não?! Sua desmotivação é gerada por falta de prestígio na carreira ou por outras razões dolorosas que você não queira enfrentar?!”

Não tenha medo de se questionar. Não tenha medo das respostas que possam vir a partir de suas indagações íntimas. O desconforto, na maioria das vezes, é uma oportunidade para o nosso crescimento. Só não espere que o desconforto se torne insustentável, pois você ainda pode retirar a venda dos seus olhos e (re)iniciar suas buscas, enxergando, claramente, suas melhores alternativas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *