“Um novo mindset para uma moda mais sustentável” foi tema de palestra na Fashion Revolution Week

No terceiro dia do evento de repercussão internacional Fashion Revolution Week, o tema em destaque foi “Empreendedorismo Sustentável”. As palestrantes Carol Nemoto, designer de moda da marca Miwa, Yasmin Alkmin, proprietária da loja Me Belisca, e Raquel Bogéa, criadora do Bosque Ateliê apresentaram suas marcas e ações em prol de uma moda sustentável. As três empreendedoras buscam reduzir o impacto ambiental e criar uma nova cultura com menos desperdício, com foco na qualidade, inovação, mas sempre ressaltando a beleza.

Na oportunidade, utilizei a abordagem de coaching para estimular uma reflexão sobre a importância de uma mudança de mentalidade para reduzir as discrepâncias sociais comuns na indústria da moda. Os conceitos foram fundamentados, a partir do estudo da pesquisadora Carol Dweck, que culminou no livro “Mindset: a nova psicologia do sucesso”. Segundo a autora, podemos ter um mindset fixo ou mindset de crescimento, e essa mentalidade é o que garantirá um maior progresso na vida pessoal e profissional.

Durante a palestra “Um novo mindset para uma moda mais sustentável”, os participantes tiveram oportunidade de fazer o teste e refletir sobre suas respostas. A boa notícia é que mesmo aqueles que tenham uma mentalidade fixa podem investir na mudança. Na oportunidade, ainda, abordei a importância de tirar da invisibilidade todos que atuam pela moda.

Devemos aplaudir não apenas as belas modelos e seus estilistas nos desfiles, nas passarelas de um mundo cheio de glamour, mas também os produtores rurais, os pesquisadores que estudam as melhorias na cultura do algodão, e vários outros profissionais que nos bastidores atuam para a moda. As condições de trabalho precisam mudar e é preferível que seja uma revolução pacífica, motivada pelos empreendedores e fashionistas ao invés de gerada pela raiva dos trabalhadores contra os seus patrões.

É possível se criar uma moda mais sustentável não apenas do ponto-de-vista ambiental, mas também elevando o respeito social. Nesse sentido, tanto os produtores (empreendedores e profissionais do setor) quanto os consumidores (vendedores e usuários) precisam adotar um mindset de crescimento, esforçando-se para pensar, aprender e agir em prol de uma mudança de padrões de produção e consumo mais sustentáveis e responsáveis com a humanidade e o planeta.

Leia também:
Fashion Revolution Week: vamos tecer um novo padrão para uma moda mais sustentável?
Empreendedorismo local: pilar para a sustentabilidade na moda
Empreendedorismo local: chave para desenvolvimento de uma moda sustentável

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *