Coaching Transcultural: importante para quem?!

A globalização fez com que as transações comerciais atravessassem fronteiras, mas muitas vezes elas não se consolidam por falta de liderança global nas relações internacionais. Diariamente, estrangeiros de todos os lugares do mundo sentem-se ofendidos por profissionais que desconhecem a cultura de seus países, para serem capazes de se comunicar até mesmo por telefone, e-mail ou pelas mídias sociais.

Os estrangeiros quando chegam no Japão, por exemplo, sentem-se fascinados pela cultura. Ao mesmo tempo, costumam achar difícil se comunicar, não só por não falarem japonês, mas pela ausência de conhecimento cultural.

Trabalhar no exterior exige vencer desafios específicos. É importante que os executivos estrangeiros, ao abraçarem a ideia de morar fora, não permaneçam indiferentes à necessidade de desenvolver novas percepções e talentos. É importante  entender as semelhanças e as diferenças interculturais para se fazer uma boa gestão. Sem desenvolver habilidades de comunicação com diferentes culturas, o desempenho no trabalho fica comprometido.

O Coaching Transcultural é uma abordagem de apoio essencial para tornar a experiência de empresários e executivos expatriados frutífera, prazerosa e com resultados efetivos. Mas, é importante, também, para diversos líderes que atuam na esfera internacional, delegação de políticos que precisam realizar reuniões no exterior, jornalistas, entre outros perfis, a fim de identificar a melhor maneira de tornar as negociações internacionais produtivas e eficientes para ambas as partes.

 

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

العربيةEnglishFrançaisDeutschItaliano日本語Basa JawaPortuguêsРусскийEspañol