Existe equipe dos sonhos?

Você gostaria que seus colaboradores fossem mais dedicados, pontuais e comprometidos com os resultados organizacionais? E se, além disso, eles fossem leais e apoiadores? Visualizar algo desse gênero quando as interações no ambiente profissional não vão bem é algo difícil de acreditar. Está mais fácil acreditar na Fada do Dente, Coelhinho da Páscoa e no Papai Noel!

A notícia boa, se você for um líder, é que a solução está ao seu alcance. A sua atuação e a sua conduta podem influenciar, diretamente, no comportamento da sua equipe. Além disso, sua liderança pode gerar impacto positivo para a redução do absenteísmo, de acidentes de trabalho, erros técnicos, e, até mesmo, aumentar a produtividade, a lealdade dos colaboradores e, por consequência, a excelência dos serviços prestados.

Em termos práticos, os cargos de supervisor, coordenador e gerente, além de estratégia e planejamento, exigem algumas habilidades operacionais e cuidados com os procedimentos de rotina para que os resultados sejam alcançados. Uma boa comunicação também é fundamental. No entanto, torna-se difícil entender o que pode faltar para que os projetos sejam alcançados com o nível de excelência esperado. A verdade é que para o trabalho fluir positivamente não basta que você informe para os empregados quais são as metas da empresa e quais resultados são esperados de cada um. Também não é suficiente que ele saiba quais são os procedimentos organizacionais e como ele deve atuar junto aos clientes. Para que a atuação de cada membro da equipe seja brilhante, é importante que exista um ambiente propício à criatividade e inovação.

A liderança está baseada na capacidade de conduzir um grupo de pessoas diferentes em direção a um propósito comum, com objetivos compartilhados. Para isso, é preciso criar conexão entre as pessoas. Mas, para construir a “equipe dos sonhos”, também é preciso que cada membro da equipe encontre ou mantenha a conexão entre suas próprias ambições profissionais e as ambições da sua empresa. Nesse sentido, o coaching facilita uma conversa profunda consigo mesmo. Como resultado desse exercício de observar a si mesmo, o desejo de se desenvolver surge espontaneamente, gerando uma mudança comportamental que pode favorecer um melhor desempenho profissional. Com o coaching de equipe, é possível gerar esse tipo de mudança, por meio de sessões individuais e sessões de grupo, que estimulam a busca da conexão individual e coletiva com as metas empresariais. Pequenas e grandes empresas que já investiram em coaching de equipe sabem que, quando um cresce, todos crescem. Quando o gestor desenvolve a capacidade de motivar, envolver e comprometer todos os membros do grupo, essa conexão acontece. Assim, a “equipe dos sonhos” poderá existir na realidade.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

العربيةEnglishFrançaisDeutschItaliano日本語Basa JawaPortuguêsРусскийEspañol