Expatriação: formação, preparação e adaptação de executivos em cenários globais

O fenômeno da globalização impõe um novo ritmo às empresas. A busca por expandir mercados exige que executivos assumam responsabilidades em outros países. Eles estão preparados para esse desafio? As empresas têm investido na preparação do executivo para atuar no exterior?

É bastante comum que um alto executivo, diante da proposta de dirigir uma organização no estrangeiro,  imagine um cenário futuro, e, independente de sentir-se preparado ou não, queira assumir o desafio. Desafios fazem parte do mundo corporativo. “A ficha pode cair mais tarde” e vir um sentimento de ser impotente e não saber com quem compartilhar as dúvidas e incertezas. Até os profissionais de agências internacionais e com carreiras na diplomacia sentem insegurança a cada mudança. Para quem nunca viveu essa situação, a impressão que se dá é que viver no exterior é uma aventura prazerosa, que é muito chique, tem “status” e parece fácil. O empenho do expatriado com relação ao seu componente emocional e o preparo para uma vida no exterior, muitas vezes solitária, no esforço contínuo de conectar-se e construir pontes, nem sempre é notado.

Estudo essa temática, desde que deixei o Brasil e fui morar na Indonésia em 2000. Experimentei o choque cultural, nos primeiros meses em Jacarta, e o choque reverso quando voltei ao país. Pintei telas que retratassem esses dois mundos e realizei a exposição de artes plásticas “Brasil e Indonésia: tão longe e tão perto”; escrevi um capítulo para o livro Master Coaches sobre a abordagem de Coaching Transcultural que desenvolvi a partir dessa experiência.  Realizei meu mestrado em Desenvolvimento, Sociedade e Cooperação Internacional. Fugi da minha zona de conforto e escolhi pesquisar a África e não o Sudeste Asiático, como as pessoas mais próximas poderiam imaginar. Ainda assim, a minha mente continua inquieta. A sede de continuar estudando e aprimorando meus conhecimentos diante da experiência dos meus coachees e leitores aumenta a cada dia.

Publiquei, recentemente, no meu canal no Youtube um novo vídeo. Confesso meu amadorismo diante dessa nova ferramenta. Ainda que não seja perfeito para os padrões publicitários, convido você a assisti-lo, porque traz um conteúdo de muitos anos de dedicação a esse estudo. Se gostar, se achar que pode ser útil para alguém com a mesma experiência, compartilhe. Tenho ainda mais histórias para trazer, então se quiser continuar recebendo as novidades, inscreva-se no meu canal: adrianalombardocoach e continue visitando o blog – http://blog.adrianalombardo.com

 

Deixe seus comentários no blog e/ou no Youtube. Será um prazer conhecê-lo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *